Obama se mostra agressivo em debate com Romney sobre política externa

terça-feira, 23 de outubro de 2012 01:15 BRST
 

BOCA RATON, Estados Unidos, 23 Out (Reuters) - O presidente norte-americano, o democrata Barack Obama, e o seu rival republicano Mitt Romney discutiram sobre a força militar dos Estados Unidos e como lidar com crises no Oriente Médio no terceiro e último debate entre eles, na noite de segunda-feira, enquanto pesquisas de intenção de voto mostram um empate a duas semanas da eleição de 6 de novembro.

Na última chance para os candidatos à presidência dos Estados Unidos apelarem a milhões de telespectadores eleitores, Obama se mostrou agressivo desde o início do debate de 90 minutos na Lynn University, em Boca Raton, na Flórida, moderado por Bob Schieffer, do CBS News.

O presidente criticou o republicano sobre suas propostas para o Oriente Médio, zombando de seus apelos para mais navios no Exército, dizendo que Romney quer levar os Estados Unidos de volta a uma postura da Guerra Fria que foi abandonada há muito tempo.

Obama teve uma resposta mordaz quando Romney disse que iria aumentar o número de navios construídos para a Marinha dos Estados Unidos, afirmando que o país normalmente deveria ter 300 e tinha apenas 285.

"Governador, nós também temos menos cavalos e baionetas", disse Obama.

Obama também disse que o candidato republicano, ao declarar a Rússia como "um inimigo geopolítico" dos Estados Unidos, queria voltar no tempo.

"A Guerra Fria já terminou há 20 anos", disse Obama olhando para Romney, na mesa que compartilhavam com o moderador. "Quando se trata de sua política externa, parece que você quer importar as políticas externas dos anos 1980."

Romney, evitando cometer algum erro que prejudique sua recente ascensão nas pesquisas, disse que as políticas de Obama para o Oriente Médio e o Norte da África não estavam impedindo o ressurgimento de uma ameaça da Al Qaeda na região.

"Me atacar não é uma agenda", disse Romney. "Me atacar não é a maneira de lidar com os desafios do Oriente Médio."   Continuação...

 
O candidato republicano à Casa Branca, Mitt Romney (esquerda), e o presidente norte-americano, o democrata Barack Obama, candidato à reeleição, participam de debate sobre política externa em Boca Raton, na Flórida, Estados Unidos, na segunda-feira. 22/10/2012 REUTERS/Joe Skipper