Em Abu Dhabi, Alonso se prepara para lutar contra o tri de Vettel

quarta-feira, 31 de outubro de 2012 19:59 BRST
 

Por Alan Baldwin

ABU DHABI, 31 Out (Reuters) - Assim como o guerreiro samurai que tem tatuado nas costas, o piloto espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, vai ao Grande Prêmio de Abu Dhabi, no domingo, recusando-se a desistir e pronto para brigar com unhas e dentes pela vitória.

"Se a espada quebrar, ataque com as mãos", disse o espanhol no Twitter depois que o resultado da corrida de domingo na Índia o deixou 13 pontos atrás do líder do campeonato de Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, a três corridas para o final.

"Se eles cortam suas mãos, empurre o inimigo com os ombros, até mesmo com os dentes."

Antigo admirador da cultura japonesa, o espanhol não vence uma corrida desde o Grande Prêmio da Alemanha, na casa de Vettel, em julho, mas é o melhor piloto da temporada, para alguns especialistas das pistas.

Consistente e incansável, obtendo o máximo absoluto de uma Ferrari que não é o carro mais rápido das pistas, Alonso disse que se sente lutando contra o projetista gênio da Red Bull, Adrian Newey, tanto quanto contra Vettel.

Isso em parte pode ser pressão psicológica, depreciando o rival na pista, mas a Red Bull de fato pode conquistar o título das equipes no domingo e se tornar apenas a quarta equipe na história a fazê-lo por três anos consecutivos.

Alonso precisa mais da ajuda da Ferrari se quiser reverter o que parece impossível e ter uma chance de levar o título.

Houve notícias, negadas prontamente, de que o espanhol teria perdido a calma com a equipe após terminar em segundo lugar, atrás de Vettel, no fim de semana passado, em uma corrida pela qual foi bastante elogiado.

O que se tem percebido, com Vettel obtendo quatro vitórias consecutivas e tentando uma quinta em Yas Marina, é o uso cada vez maior da filosofia oriental pelo espanhol na segunda metade da temporada para expressar seu estado de espírito.

"Se o inimigo pensa nas montanhas, ataque pelo mar. Se eles pensar no mar, ataque pelas montanhas", declarou Alonso depois que a então liderança dele sobre Vettel diminuiu no Grande Prêmio do Japão, este mês.

 
Piloto espanhol Fernando Alonso (E) é visto ao lado do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, durante coletiva de imprensa após o GP da Índia, em Greater Noida. Assim como o guerreiro samurai que tem tatuado nas costas, Alonso, da Ferrari, vai ao Grande Prêmio de Abu Dhabi, no domingo, recusando-se a desistir e pronto para brigar com unhas e dentes pela vitória. 28/10/2012 REUTERS/Vijay Mathur