Festa marca legalização da maconha no Estado de Washington

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012 20:34 BRST
 

Por Laura L. Myers

SEATTLE, 6 Dez (Reuters) - O Estado de Washington, no noroeste dos EUA, fez história na quinta-feira ao se tornar o primeiro do país a legalizar o uso recreativo da maconha para adultos, ocasião celebrada com muito reggae e muita fumaça por dezenas de adeptos nos arredores da famosa torre Space Needle, em Seattle.

O evento, ainda na madrugada, desafiou uma regra importante na recém-aprovada lei estadual, que autoriza a posse de pequenas quantidades de maconha, mas proíbe o uso fora da privacidade doméstica.

A festa também mostrou como as autoridades são ambíguas a respeito do estatuto. Horas antes, o secretário municipal de Justiça de Seattle havia feito um duro alerta de que não seria tolerado o consumo de maconha em público, e que infratores seriam multados em cem dólares.

Mas o alerta do secretário foi contrariado pelas instruções da própria polícia local aos seus agentes, no sentido de apenas fazer advertências aos usuários, ao menos por enquanto.

A nova lei, aprovada no mês passado em referendo, pode gerar um conflito do Estado com o governo federal, que continua considerando crime a posse de maconha. A lei estadual despenaliza a posse de até 1 onça (28,5 gramas) por qualquer pessoa maior de 21 anos, desde que para uso pessoal.

Os eleitores do Colorado também decidiram descriminalizar a maconha para fins recreativos, mas essa medida só deve entrar em vigor no mês que vem. Ambos os Estados estão entre os 18 que já despenalizaram o uso medicinal da maconha.

A lei de Washington legaliza a posse de até 16 onças (450 gramas) de produtos sólidos com infusão de maconha - como bolos ou biscoitos -, e de até 72 onças (2,4 quilos) da erva na forma líquida.

Continua sendo ilegal dirigir sob a influência de maconha e consumir a droga em lugares onde o consumo de álcool está proibido.   Continuação...