February 4, 2013 / 3:34 PM / 4 years ago

Justiça europeia diz que há jogos arranjados até em eliminatórias para Copa

5 Min, DE LEITURA

Por Thomas Escritt

HAIA, 4 Fev (Reuters) - Investigadores europeus descobriram evidências de que centenas de resultados de jogos de futebol de clubes e seleções nacionais, em nível mundial, foram arranjados previamente, em um golpe executado a partir de Cingapura, disse a polícia nesta segunda-feira.

Uma investigação conjunta da agência europeia anticrime, a Europol, e de promotores de Justiça identificou cerca de 680 partidas suspeitas, incluindo jogos da eliminatória para a Copa do Mundo, campeonatos da Europa e Liga dos Campeões somente no âmbito dos clubes europeus, afirmou o dirigente da Europol, Rob Wainwright.

As partidas, algumas das quais foram alvo de processos criminais bem-sucedidos, foram disputadas entre 2008 e 2011. Cerca de 380 dos jogos suspeitos foram realizados na Europa. Outros 300 foram identificados na África, Ásia e América do Sul e Central.

O futebol é o esporte mais popular do mundo, visto por bilhões ao vivo e na televisão em todo o planeta, o que proporciona grandes lucros para alguns clubes e emissoras.

No ano passado, o chefe de um órgão anticorrupção estimou que o setor de apostas ligadas a esportes movimenta 1 trilhão de dólares a cada ano --ou 3 bilhões de dólares por dia-- a maior parte na Ásia e relacionada a partidas de futebol.

Um investigador alemão afirmou que a rede de corrupção envolve correios transportando suborno ao redor do mundo, pagando jogadores e árbitros para a manipulação de resultados, o que incluía ao menos 425 funcionários corruptos, jogadores e criminosos graves em 15 países.

"Temos provas em 150 desses casos, e as operações foram executadas a partir de Cingapura, com propinas de até 100 mil euros pagos por jogo", disse o investigador-chefe da polícia da cidade alemã de Bochum, Friedhelm Althans , em uma entrevista coletiva à imprensa.

Os investigadores disseram que não serão divulgados nomes de jogadores ou clubes enquanto a investigação estiver em andamento. No entanto, entre as partidas arranjadas estão várias do campeonato nacional de vários países europeus, bem como dois jogos da Liga dos Campeões, incluindo um realizado na Grã-Bretanha.

A polícia de Cingapura disse no mês passado que estava ajudando autoridades italianas a investigar uma suposta manipulação de resultados envolvendo um cidadão de Cingapura, mas disse que ele não foi preso ou acusado de crime algum no país.

Segundo Althans, apesar de a polícia alemã ter provas concretas de 8 milhões de euros (11 milhões de dólares) em lucros de jogos com resultados manipulados, esta é provavelmente apenas a ponta do iceberg.

Os investigadores descreveram como membros de gangues imediatamente subordinadas ao líder de uma rede mundial, em Cingapura, foram incumbidos de manter contatos com jogadores e funcionários corruptos em vários países.

Laszlo Angeli, um promotor húngaro, deu um exemplo de como o esquema funcionava: "O integrante húngaro, que estava imediatamente abaixo do chefe de Cingapura, estava em contato com árbitros húngaros que poderiam, então, tentar influenciar partidas em que atuavam em todo o mundo", explicou ele.

Os cúmplices fazem as apostas na Internet ou por telefone, em casas de apostas na Ásia, onde são aceitas apostas que seriam consideradas ilegais na Europa. "Um jogo arranjado pode envolver até 50 suspeitos em 10 países, em continentes separados", disse Althans.

"Mesmo dois jogos de qualificação para a Copa do Mundo na África, e um na América Central estão sob suspeita", acrescentou Althans.

A Fifa, entidade que comanda o futebol mundial, divulgou um comunicado citando declarações de seu diretor de Segurança, Ralf Mutschke, antes de uma conferência sobre manipulação de resultados em Roma, no mês passado.

"Como regra geral, é difícil que os jogos de qualificação para a Copa do Mundo sejam arranjados, já que a Copa do Mundo é o maior evento para as equipes e, acima de tudo, para os jogadores", disse ele.

"Estamos, obviamente, acompanhando bem de perto as partidas, mas ainda não há suspeitas de manipulação de resultados."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below