EBX e BP distribuirão combustíveis marítimos no Açu

quarta-feira, 6 de março de 2013 09:52 BRT
 

SÃO PAULO, 6 Mar (Reuters) - A EBX, do empresário Eike Batista, e a BP assinaram contrato para a criação de uma companhia para distribuição de combustíveis marítimos no porto do Açu, informou a LLX, empresa de logística do grupo, nesta quarta-feira.

O acordo prevê a criação da Marine Fuels X (MFX) que terá "o objetivo de importar, exportar, vender e distribuir combustíveis marítimos, sob a marca da BP Marine". A nova empresa, que deve iniciar atividades em 2013, terá controle compartilhado entre a EBX e BP em 50 por cento para cada.

Segundo a LLX, o terminal da distribuidora de combustível alugará uma área de aproximadamente 350 mil metros quadrados na entrada do canal do TX2 do porto e pretende alugar ainda mais 600 mil metros quadrados no TX1.

"Com o desenvolvimento desta joint venture, o Superporto do Açu deverá se tornar um dos principais centros de distribuição de combustíveis marítimos do Atlântico Sul", afirmou a LLX em comunicado. O início das atividades operacionais da nova empresa ocorrerá após a obtenção das licenças e autorizações necessárias.

O anúncio ocorre em um momento em que o porto da LLX se prepara para começar a operar comercialmente. No final de fevereiro, o diretor financeiro da empresa de construção naval da EBX, OSX, João Borges, afirmou o porto deveria iniciar atividades comerciais dentro de semanas .

(Por Alberto Alerigi Jr.)