Minério de ferro tem preço mais baixo do ano por fraca demanda chinesa

terça-feira, 12 de março de 2013 11:49 BRT
 

CINGAPURA, 12 Mar (Reuters) - Os preços do minério de ferro caíram para seu nível mais baixo desde o final de dezembro, afetado pela menor demanda na China, principal mercado mundial da commodity.

O minério de ferro recuou mais de 9 por cento depois de atingir uma máxima de 16 meses em meados de fevereiro, após as siderúrgicas chinesas reduzirem a reposição de estoques uma vez que os estoques já estava crescendo por conta de uma demanda mais fraca do consumidor final.

O apetite chinês mais fraco desde o ano passado está levando grandes mineradoras a cortarem seus custos a fim de fortalecer seus lucros à medida que os preços caem. A Rio Tinto cortou em 90 por cento o número de funcionários no Simandou, projeto multi-bilionário da empresa de minério na Guiné, basicamente congelando seu investimento, disseram fontes do governo do país africano.

O minério com teor de 62 por cento de ferro com entrega imediata para a China recuou 0,70 centavos, para 143,40 dólares por tonelada nesta terça-feira, valor mais baixo desde 28 de dezembro segundo dados do Steel Index.

Antes de recuar para seu menor nível neste ano, o minério de ferro atingiu o patamar de 158,90 dólares em 20 de fevereiro, o mais elevado desde outubro de 2011.

"A demanda por aço está um pouco lenta. Nós só estamos vendo uma recuperação na demanda por certos tipos de produtos de aço, como chapas para o setor automotivo. Mas em relação aos produtos longos (usados em construções), o cenário ainda não é encorajador", disse um trader de minério de ferro em Xangai. "Se o crescimento da demanda por aço permanecer baixa, isso deve gerar um sério excedente em de dois a três meses."

(Reportagem de Manolo Serapio Jr)