Primeiro dia do conclave termina com fumaça preta e sem papa

terça-feira, 12 de março de 2013 17:30 BRT
 

Por Crispian Balmer e Philip Pullella

CIDADE DO VATICANO, 12 Mar (Reuters) - Uma espessa fumaça preta ergueu-se na noite de terça-feira sobre a Capela Sistina, no Vaticano, sinalizando um final inconclusivo do conclave que elegerá um novo papa para comandar a Igreja Católica em uma das suas maiores crises.

Milhares de fiéis se encolhiam na Praça de São Pedro à espera da fumaça que, saindo pela estreita chaminé da capela, encerrou um dia chuvoso e cinzento, cheio de rituais e pompa.

Após rezarem pedindo orientação divina, os 115 cardeais eleitores fizeram um voto solene, em latim, de jamais contar detalhes das deliberações. Então se recolheram detrás das pesadas portas de madeira da capela.

Nenhum conclave da era moderna elegeu um papa no primeiro dia, e alguns cardeais especulavam nesta semana que a decisão pode levar quatro ou cinco dias.

Os chamados "príncipes da Igreja" vão passar a noite num hotel do Vaticano antes de voltarem na manhã de quarta-feira à capela Sistina, onde, diante dos afrescos de Michelangelo, repetirão as votações - duas pela manhã, duas à tarde.

Até que escolham o novo papa, sua única comunicação com o mundo exterior será por meio da fumaça que sai pela chaminé da capela - preta quando as sessões terminam sem maioria de dois terços (77 votos) para nenhum candidato; branca quando o pontífice é eleito.

O 266o papa enfrentará notáveis desafios, como os escândalos relativos a abusos sexuais cometidos pelo clero, as disputas internas na Cúria Romana (burocracia do Vaticano) e a expansão do secularismo e de religiões concorrentes.

Não há um favorito claro, mas vaticanistas dizem que o italiano Angelo Scola e o brasileiro Odilo Scherer estão despontando. O primeiro devolveria o pontificado aos italianos após um hiato de 35 anos, ao passo que o segundo se tornaria o primeiro papa não-europeu desde o sírio Gregório III, no século 8.   Continuação...

 
Fumaça preta é vista saindo da chaminé da Capela Sistina, na Cidade do Vaticano. Uma espessa fumaça preta ergueu-se na noite de terça-feira sobre a Capela, sinalizando um final inconclusivo do conclave que elegerá um novo papa para comandar a Igreja Católica em uma das suas maiores crises. 12/03/2013 REUTERS/Tony Gentile