BlackBerry planeja recurso de segurança para sistemas Android e iOS

quinta-feira, 14 de março de 2013 13:47 BRT
 

Por Euan Rocha

TORONTO, 14 Mar (Reuters) - A BlackBerry oferecerá tecnologia para separar e proteger dados pessoais e de trabalho em aparelhos móveis acionados pela plataforma Android, do Google, e pelo sistema operacional iOS, Apple, disse a companhia nesta quinta-feira.

A nova ferramenta Secure Work Space estará disponível antes do final de junho e será administrada por meio da plataforma BlackBerry Enterprise Service 10, que permite que os governos e empresas que utilizam o BlackBerry coordenem aparelhos usando diferentes sistemas operacionais em suas redes.

O lançamento encorajará grandes clientes a continuarem usando os serviços da BlackBerry a fim de administrar os aparelhos integrados às suas redes, mesmo que os funcionários utilizem esses serviços para aparelhos pessoais, o que poderia criar riscos de segurança.

No ultracompetitivo mercado de smartphones, a BlackBerry perdeu terreno para rivais como o iPhone, da Apple, a linha Galaxy, da Samsung, e outros aparelhos baseados no sistema operacional Android.

Para retomar mercado e sair do vermelho, a BlackBerry lançou uma nova linha de smartphones acionados pelo sistema operacional BlackBerry 10, no fim de janeiro. A versão de tela de toque, o Z10, está à venda em mais de 20 países, enquanto o Q10, dotado de teclado físico, estará disponível em abril.

Os novos aparelhos contam com uma ferramenta chamada Balance, que mantém separados os dados pessoais e de trabalho.

O sistema permite que os departamentos de informática administrem o conteúdo empresarial em um aparelho e ao mesmo tempo garantam a privacidade dos usuários, que podem armazenar e usar apps e conteúdo pessoais no mesmo smartphone sem que a companhia tenha como interferir com eles.

Com o Secure Work Space, "estamos estendendo o máximo possível dos recursos da ferramenta (Balance) a outras plataformas", afirmou David Smith, o vice-presidente de computação móvel empresarial da BlackBerry, em comunicado.

A decisão da BlackBerry surge em um momento no qual a Samsung, cuja linha Galaxy conquistou grande popularidade, tenta se tornar uma opção viável para os clientes empresariais, com recursos de segurança como o Samsung Knox e o SAFE, ou Samsung for Enterprise.