BB Seguridade e Smiles inauguram retomada de IPOs no Brasil

quinta-feira, 25 de abril de 2013 17:48 BRT
 

Por Guillermo Parra-Bernal

SÃO PAULO, 25 Abr (Reuters) - A BB Seguridade pode selar nesta quinta-feira a maior oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) do mundo em sete meses, em um momento no qual a confiança com o Brasil diminuiu por preocupações com a alta inflação e a interferência do governo em alguns setores da economia.

A BB Seguridade, unidade de pensão e seguros do estatal Banco do Brasil, pode levantar até 12,2 bilhões de reais quando fizer a precificação ainda nesta quinta-feira, sendo o maior IPO deste ano no mundo, segundo dados da Thomson Reuters.

A oferta também seria a maior dos mercados globais desde a listagem da Japan Airlines em setembro do ano passado.

Uma precificação bem-sucedida da BB Seguridade, que ocorre simultaneamente ao IPO da administradora de planos de fidelidade Smiles, representaria um impulso necessário à confiança com um mercado de IPOs que há alguns anos estava entre os mais aquecidos do mundo.

Prejudicados por uma série de negócios que não entregaram os retornos prometidos, investidores se tornaram nos últimos dois anos mais cautelosos com o Brasil, colocando uma dúvidas sobre o portfólio potencial de IPOs neste ano, estimado em cerca de 10 bilhões de dólares.

"Os mercados permaneceram atentos ao potencial de IPOs brasileiros", disse David Menlow, presidente na IPOFinancial.com, uma empresa especializada em análises de tendências de ofertas iniciais. "Se (o país) voltar aos trilhos, a atividade pode se tornar favorável."

Apenas três empresas brasileiras realizaram ofertas públicas iniciais em 2012, frente a 11 em 2010 e em 2011 cada, e um recorde de 64 em 2007, segundo dados da Thomson Reuters.

FORTE MÊS   Continuação...