Ações dos EUA sobem por resultados corporativos e dado de emprego

quinta-feira, 25 de abril de 2013 17:51 BRT
 

Por Rodrigo Campos

NOVA YORK, 25 Abr (Reuters) - Os principais índices do mercado acionário dos Estados Unidos fecharam em alta nesta quinta-feira impulsionados por resultados corporativos e a forte queda nos pedidos semanais de auxílio desemprego.

O Dow Jones ganhou 0,19 por cento, para 14.703 pontos. O Standard & Poor's 500 avançou 0,42 por cento, para 1.585 pontos. O Nasdaq subiu 0,62 por cento, para 3.289 pontos.

O S&P 500, que avançou nas últimas cinco sessões, chegou a operar a um ponto de distância de sua máxima histórica no fechamento. A alta recorde fica próxima do nível de 1.593.

O setor de telecomunicações liderou o avanço do S&P 500, com o índice ganhando 1,7 por cento. A ação da Verizon atingiu a máxima em 13 anos com uma alta de 2,7 por cento para 53,22 dólares. O ganho foi estimulado após fontes afirmarem à Reuters que a empresa contratou assessores para preparar uma possível oferta para assumir o controle total da Verizon Wireless.

A Dow Chemical registrou alta de 33 por cento em seu lucro trimestral, e as ações subiram 5,6 por cento, para 33,97 dólares.

Agentes do mercado esperavam que o primeiro trimestre seria complicado para os resultados das companhias norte-americanas após cortes nos gastos do governo e o aumento no imposto sobre folhas de pagamento. "Mas os consumidores estão aguentando bem", disse um dos vice-presidentes de investimentos do OakBrook Investments, Peter Jankovskis. "Há otimismo de que as condições vão melhorar", disse. "Há potencial de melhora na economia".

Além disso, dados divulgados nesta quinta-feira deram força a uma visão mais positiva sobre economia do que têm indicado números recentes. O número de novos pedidos de seguro-desemprego caiu 16 mil na semana passada para 339 mil, em base ajustada, ante expectativas de 351 mil.