HRT compra 60% de campo da BP na Bacia de Campos

segunda-feira, 6 de maio de 2013 12:01 BRT
 

SÃO PAULO, 6 Mai (Reuters) - A HRT Participações em Petróleo fechou acordo com a BP Energy do Brasil para comprar uma participação no Campo de Polvo, na Bacia de Campos, onde há produção diária de 13 mil barris de petróleo.

O acordo é para a aquisição de 60 por cento de participação no campo da BP, por 135 milhões de dólares, informou a HRT nesta segunda-feira.

Até o momento a HRT não tem produção em escala comercial.

A empresa realiza campanha exploratória em campos terrestres na Bacia do Solimões, no interior da Amazônia, onde fez descobertas de gás, e na costa da Namíbia, onde começou há poucas semanas a perfuração de poços.

O contrato anunciado nesta segunda-feira também contempla a aquisição de 100 por cento de participação na empresa BP Energy America LLC, proprietária da plataforma fixa "Polvo A" e de uma sonda de perfuração, equipamentos necessários para a operação do campo.

A conclusão da transação está sujeita à aprovação final da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Se o negócio for aprovado, a HRT passará a ser operadora do Campo de Polvo, segundo o comunicado.

Os papéis da empresa perderam quase três quartos de seus valor nos últimos 12 meses, depois de atingirem uma máxima histórica em 2011, com investidores cautelosos enquanto aguardam anúncios positivos sobre as perfurações de seus poços de petróleo.

A notícia da compra de campo da BP na bacia de Campos parece ter dado impulso para os papéis da petrolífera, que iniciaram o pregão desta segunda-feira em alta de cerca de 3 por cento.

Às 11h55, as ações da HRT já subiam mais de 7 por cento, enquanto o Ibovespa recuava 0,93 por cento.   Continuação...