SAIBA MAIS-Leilão de petróleo oferta área do tamanho do Ceará

sexta-feira, 10 de maio de 2013 18:32 BRT
 

10 Mai (Reuters) - O primeiro leilão de áreas de exploração de petróleo no Brasil em cinco anos vai oferecer 289 áreas em terra e em mar, em 11 bacias sedimentares, cobrindo 155.800 quilômetros quadrados do território brasileiro, uma área equivalente ao tamanho de Bangladesh ou do Estado do Ceará.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que regula o setor, qualificou 64 empresas para dar lances no leilão. Até quinta-feira, 44 delas ofereceram as garantias financeiras necessárias, segundo a ANP.

Previsto para 14 e 15 de maio, o leilão é bastante concentrado às novas fronteiras, ou áreas com pouca ou nenhuma produção de petróleo.

Já que há poucas informações geológicas sobre as áreas, o risco de fracasso é muito maior do que é em bacias amplamente exploradas como Campos e Santos, no litoral do Sudeste.

As bacias de Campos e Santos, apesar de representarem apenas uma pequena parte da área total do Brasil, produzem mais de 80 por cento do petróleo e do gás do país.

ÁREAS PROMISSORAS FICARAM DE FORA

As bacias de Campos e Santos também incluem uma série de descobertas gigantes de petróleo, que começaram com os 8 milhões de barris encontrados no campo de Lula, em agosto de 2007.

Após uma série de grandes descobertas, acredita-se que Campos e Santos abriguem cerca de 100 bilhões de barris de petróleo e gás a serem descobertos, de acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Petróleo da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, um montante equivalente a mais de três anos de consumo mundial de petróleo.

Não há áreas em Campos ou Santos sendo oferecidas neste leilão, e a grande maioria das bacias foi declarada fora dos limites de desenvolvimento convencional de petróleo, de acordo com uma revisão de 2010 para lei do petróleo no Brasil, de 1997.   Continuação...