Broadway comemora prêmios Tony com festa em rua em NY

quarta-feira, 5 de junho de 2013 16:01 BRT
 

NOVA YORK, 5 Jun (Reuters) - A Broadway está se preparando para a premiação anual do Tony neste domingo com um grupo de estrelas no tapete vermelho e uma transmissão simultânea de uma festa popular na Times Square.

A 67ª entrega do prêmio Tony, a maior honraria da Broadway, será realizada no Radio City Music Hall e terá a presença do indicado Tom Hanks e de outras estrelas, como Scarlett Johansson, Sigourney Weaver, Jake Gyllenhaal, Anna Kendrick, Zachary Quinto, Sally Field, Jesse Tyler Ferguson e Jon Cryer.

Hanks é o favorito para vencer na categoria de melhor ator por uma peça que marca sua estreia na Broadway, "Lucky Guy", da falecida Nora Ephron. Outros candidatos importantes são os musicais "Matilda", uma produção britânica baseada no romance de Raold Dahl, e "Kinky Boots", que traz canções da pop star Cyndi Lauper.

"Não há nada como celebrar a noite mais espetacular da Broadway com os maiores fãs da Broadway, bem no coração da Times Square", disseram a diretora-executiva de The Broadway League, Charlotte St. Martin, e a diretora-executiva do American Theatre Wing, Heather Hitchens, em comunicado conjunto.

A cerimônia de premiação, que será apresentada pelo ator Neil Patrick Harris, será transmitida no domingo na CBS às 20h (horário local). Os fãs do teatro nova-iorquino poderão ver uma transmissão simultânea ao vivo do programa em duas grandes telas na Duffy Square, na West 46th Street com a Broadway, a partir das 16h30.

No evento também haverá performances ao vivo, jogos e uma chance de ganhar um par de ingressos para a cerimônia de premiação a apenas dois quarteirões de distância e para uma festa pós-cerimônia.

Quarenta e seis novos shows estrearam na Broadway durante a temporada 2012-2013, que terminou em maio, sendo 15 musicais, inclusive nove novas produções, e um recorde de 26 peças, inclusive 14 estreias.

As rendas foram levemente menores do que na temporada anterior, provavelmente devido à devastadora tempestade Sandy em outubro, que fechou teatros brevemente e restringiu alguns shows que tinham acabado de encontrar público.

(Reportagem de Chris Michaud)