June 14, 2013 / 10:19 PM / in 4 years

BTG compra fatia de ativos da Petrobras na África por US$1,5 bi

3 Min, DE LEITURA

RIO DE JANEIRO, 14 Jun (Reuters) - O banco de investimento BTG Pactual comprará fatia de ativos de exploração e produção da Petrobras na África por 1,52 bilhão de dólares, em operação afinada com o plano de desinvestimentos da estatal.

O BTG Pactual vai adquirir 50 por cento de participação no capital da Petrobras Oil & Gas B.V., em negócio que integra a formação de uma joint venture das duas companhias em países africanos.

A operação envolverá, uma vez concluída a reorganização societária ora em fase de implementação, as sucursais localizadas em Angola, Benin, Gabão e Namíbia, assim como as subsidiárias na Nigéria e Tanzânia, afirmaram a petroleira e o BTG em fato relevante nesta sexta-feira.

A Petrobras esperava vender ativos na Nigéria por 5 bilhões de dólares, disseram fontes próximas à negociação à Reuters, em março.

Na nota, as empresas não deram mais detalhes sobre os ativos envolvidos na negociação.

A parceria, aprovada pelo Conselho de Administração da estatal em reunião realizada nesta sexta-feira, está prevista para ser fechada até o final do mês, segundo a Petrobras.

A venda de ativos permitirá à estatal manter as operações no continente africano ao lado de um parceiro que também investirá nos projetos.

"A operação representa um passo importante para a Petrobras, no âmbito do seu programa de desinvestimentos, permitindo a ampliação de sua atuação na África e o compartilhamento dos investimentos requeridos para a expansão e desenvolvimento de suas reservas", afirmou a petroleira.

Em seu plano, a Petrobras prevê desinvestimentos de 9,9 bilhões de dólares. Somente nesta sexta-feira, a estatal informou que obteve quase 2 bilhões de dólares com venda de ativos. Separadamente, a empresa anunciou a venda, por 650 milhões de reais, de participação que detinha na geradora de energia elétrica Brasil PCH, dentro do plano de desinvestimento.

A Petrobras colocou alguns ativos à venda para fazer frente à necessidade de caixa, diante de seu plano de investimentos de 236,7 bilhões de dólares em cinco anos, o maior programa empresarial de gastos do mundo.

"Para o BTG, a operação representa um passo importante na geração de oportunidades investimento no continente africano e no segmento de óleo e gás, em linha com a estratégia de crescimento de suas atividades de gestão de recursos e investimentos, assim como também manifesta a contínua expansão e diversificação do portfólio de produtos disponíveis para seus clientes".

Reportagem de Sabrina Lorenzi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below