Vale deve ter 3 sócios na empresa de logística VLI, diz CEO

terça-feira, 23 de julho de 2013 18:55 BRT
 

BRASÍLIA, 23 Jul (Reuters) - A Vale fechou acordo para a entrada de três novos acionistas na VLI, a empresa de logística de cargas gerais da maior produtora global de minério de ferro, com investimentos projetados em quase 9 bilhões de reais nos próximos anos, disse nesta terça-feira o presidente da companhia, Murilo Ferreira.

"São investimentos que vão totalizar 8,9 bilhões, uma parte será contribuição dos acionistas, que vão ser anunciados quando aprovados no Conselho de Administração, no dia 31 de julho", disse Ferreira a jornalistas, após encontro com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília.

A Vale e os novos acionistas na VLI ainda precisarão aprovar o investimento projetado.

Ferreira aproveitou o encontro com Dilma para convidar a presidente para a assinatura de contrato com os novos acionistas da VLI, subsidiária integral da Vale, na qual a mineradora quer vender participação de até 70 por cento.

"Nós trabalhamos durante tanto tempo com 26 players e terminamos, e agora estamos na fase final de decisão dos três novos acionistas que nós teremos na VLI", afirmou Ferreira a jornalistas no Palácio do Planalto.

Os investimentos na companhia deverão ser realizados em vagões, locomotivas, ferrovias e terminais portuários. A estrutura de logística integrada da VLI movimenta cargas de commodities agrícolas e produtos siderúrgicos e industrializados até os portos.

Ferreira afirmou que não poderia revelar quem são os novos acionistas porque eles ainda precisam ser aprovados pelo Conselho de Administração da companhia no próximo dia 31.

"Já tivemos 26 interessados desde a fase inicial, investidores financeiros, fundos soberanos... investidores especializados em logística. Foi um certame com disputa extraordinária, mostrando que essa parte de logística no Brasil é uma oportunidade", afirmou.

COBRE   Continuação...