Duke Energy tem lucro menor com vendas comerciais mais fracas

quarta-feira, 7 de agosto de 2013 09:20 BRT
 

7 Ago (Reuters) - A Duke Energy, maior fornecedora de energia dos Estados Unidos, registrou um lucro trimestral menor que o esperado nesta quarta-feira, com a companhia enfrentando fracas vendas comerciais.

A Duke, que usa carvão, gás natural e usinas nucleares para gerar eletricidade, tem lutado para fechar vendas para grandes clientes comerciais do Centro-Oeste associados a um distribuidor por atacado.

No entanto, a Duke disse que a aquisição da rival Progress Energy em 2012 continua a reforçar as vendas de energia para clientes domésticos.

A empresa registrou lucro líquido de 339 milhões de dólares no segundo trimestre, ou 0,48 dólar por ação, em comparação com 444 milhões de dólares, ou 0,99 dólar por ação, no mesmo período do ano passado.

Excluindo os custos de baixas contábeis referentes ao investimento feito em um fracassado projeto nuclear na Flórida, bem como outros itens não recorrentes, o lucro foi de 0,87 dólar por ação.

Sob o mesmo critério, analistas esperavam lucro de 0,94 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A receita operacional da companhia aumentou para 5,88 bilhões de dólares, ante 3,58 bilhões um ano antes, ficando abaixo da estimativa de 5,73 bilhões de Wall Street.

A Duke disse que ainda espera ganhar 4,20 a 4,45 dólares por ação este ano. Analistas estimam em média ganhos de 4,33 dólares por ação.

(Por Ernest Scheyder)