Marinha dos EUA rebaixa sargento que urinou em talibans mortos

quinta-feira, 8 de agosto de 2013 12:06 BRT
 

WASHINGTON, 8 Ago (Reuters) - Um sargento da Marinha dos EUA que foi filmado urinando sobre corpos de militantes talibans mortos foi rebaixado para o posto de cabo, após declarar-se culpado por envolvimento no incidente que alimentou a ira no ano passado contra as forças norte-americanas no Afeganistão, informou o Corpo de Fuzileiros Navais nesta quinta-feira.

O sargento Robert Richards foi o último dos oito marines a serem punidos por envolvimento com o incidente, que ocorreu em 27 de julho de 2011 durante uma operação de combate a insurgentes na província de Helmand, no Afeganistão.

O vídeo mostrou quatro marines vestindo uniformes de combate camuflados e urinando sobre três cadáveres. Um dos fuzileiros brincou: "Tenha um bom dia, amigo."

O vídeo foi divulgado publicamente no início de 2012, e fez parte de uma série de incidentes à época que despertaram a ira do Afeganistão e levaram a tensões entre Washington e Cabul.

Richards foi acusado no início deste ano de prevaricação, violação de uma ordem legal geral e conduta prejudicial à boa ordem e disciplina das Forças Armadas.

Ele declarou-se culpado de duas acusações em um tribunal marcial em Camp Lejeune, na Carolina do Norte, na quarta-feira, e foi rebaixado ao posto de cabo, informou o Corpo de Fuzileiros Navais em comunicado.

Todos os oito fuzileiros navais envolvidos no incidente já foram punidos, alguns por meio da corte marcial e outros através de punição não judicial, disse o comunicado.

(Por David Alexander)