Tiroteio em base naval de Washington deixa vários mortos e feridos

segunda-feira, 16 de setembro de 2013 13:16 BRT
 

WASHINGTON, 16 Set (Reuters) - Diversas pessoas foram mortas e outras ficaram feridas quando pelo menos um homem abriu fogo em uma base da Marinha dos EUA em Washington nesta segunda-feira, disseram autoridades.

Um porta-voz da polícia de Washington disse que cinco pessoas foram alvejadas em um quartel-general da Marinha, incluindo um policial do distrito de Columbia e um outro agente de segurança. A Marinha não forneceu mais detalhes.

Um oficial veterano da Marinha dos EUA que está na base disse, de acordo com a NBC News, que pelo menos 12 pessoas foram atingidas por tiros, sendo quatros mortos e oito feridos. Essas informações não puderam ser confirmadas de modo independente.

Um oficial da Marinha norte-americana disse à Reuters que um atirador suspeito foi detido, acrescentando que diversas pessoas morreram e várias outras foram feridas. O número total de vítimas permanecia incerto, disse ele sob condição de anonimato.

Outro oficial da Marinha, também falando sob condição de anonimato, disse que mais de um atirador pode estar envolvido. O jornal Washington Post informou que haveria diversos atiradores.

A Marina disse em comunicado que o tiroteio aconteceu no quartel-general fortemente vigiado, onde trabalham cerca de 3 mil pessoas.

Um porta-voz da policia de Washington disse que os primeiros relatos de tiros foram recebidos às 8h36, no horário local (9h36, no horário de Brasília).

Uma autoridade da Casa Branca disse que o presidente Barack Obama foi informado sobre a ocorrência.

A base naval data do século 18 e é mais antiga instalação da Marinha dos EUA. O local abriga um museu e a residência do chefe de operações navais, além de ser responsável pelo desenvolvimento de armas, entre outras funções.

 
Membro das forças de segurança dos EUA guarda os arredores da base naval em Washington onde um tiroteio deixou vários mortos e feridos. Diversas pessoas foram mortas e outras ficaram feridas quando pelo menos um homem abriu fogo em uma base da Marinha dos EUA em Washington nesta segunda-feira, disseram autoridades. 16/09/2013. REUTERS/Jason Reed