Brasil volta ao calendário da MotoGP em 2014

quarta-feira, 2 de outubro de 2013 19:37 BRT
 

2 Out (Reuters) - O Brasil voltará a receber uma prova de MotoGP no ano que vem pela primeira vez desde 2004, caso o circuito de Brasília seja homologado internacionalmente, de acordo com o calendário da próxima temporada, divulgado nesta quarta-feira.

Os Estados Unidos só terão duas corridas no ano que vem, já que Laguna Seca foi deixado de fora de um calendário provisório de 19 provas, que inclui também a volta da Argentina.

O Grande Prêmio da América, em Austin, no Texas, e o de Indianápolis continuam no calendário, respectivamente em abril e agosto.

A Espanha, país do campeão mundial, Jorge Lorenzo, e do atual líder do campeonato, Marc Márquez, assim como dos patrocinadores Dorna, continua com quatro corridas.

A Mazda Raceway Laguna Seca disse em um comunicado que não pode mais competir com as duas outras sedes das provas.

Durante 25 anos... Laguna Seca serviu como ‘casa' do Grande Prêmio de motociclismo nos Estados Unidos, tendo sediado 15 GPs do campeonato mundial desde 1988", disse a empresa em nota.

"Infelizmente, e apesar do apoio fiel de torcedores, patrocinadores e da mídia, não haverá um 16º Grande Prêmio em 2014".

"Nesta altura, os EUA só podem comportar dois eventos de MotoGP. O apoio oferecido pelos Estados de Texas e Indiana tornam difícil para nós, como entidade sem fins lucrativos, competir atualmente".

A Argentina terá uma corrida no novo circuito de Termas de Rio Hondo, no dia 27 de abril, e Brasília sediará a etapa brasileiro em 28 de setembro, contanto que a pista seja homologada.   Continuação...

 
Pilotos de Moto GP são vistos durante corrida em Alcaniz, na Espanha. O Brasil voltará a receber uma prova de MotoGP no ano que vem pela primeira vez desde 2004, caso o circuito de Brasília seja homologado internacionalmente, de acordo com o calendário da próxima temporada, divulgado nesta quarta-feira. 29/09/2013 REUTERS/Gustau Nacarino