Alonso irrita Pirelli com crítica a pneus

sábado, 5 de outubro de 2013 18:55 BRT
 

Por Alan Baldwin

YEONGAM, Coreia do Sul, 5 Out (Reuters) - A Pirelli reagiu às críticas de Fernando Alonso aos pneus de Fórmula 1 do fabricante depois do treino classificatório para o Grande Prêmio da Coreia do Sul neste sábado.

O espanhol, segundo no campeonato mas 60 pontos atrás do tricampeão Sebastian Vettel, só ficou com a quinta posição para a corrida de domingo, enquanto seu rival alemão irá largar na pole position pela terceira prova consecutiva.

Ele disse aos repórteres que os pneus não duram sequer uma volta rápida no circuito sem perder desempenho.

"Claro que Alonso é um dos grandes pilotos de F1, então ouvir tais comentários é decepcionante e abaixo do nível que se esperaria de um campeão", disse Paul Hembery, diretor de esportes automotivos da Pirelli.

"Só posso sugerir que ele vá perguntar ao iminente tetracampeão como conseguir o melhor dos mesmos pneus", cutucou.

Alonso reconheceu que seu carro estava abaixo do ritmo e aceitou que os pneus são os mesmos para todos quando se queixou deles.

"Os pneus não rendem cinco quilômetros. Se você os forçar, acaba com eles. Não é uma coisa normal", disse aos repórteres. "Temos que ser honestos, e a qualidade dos pneus está muito no limite", acrescentou.

"Mas não os estou culpando. Que não são bons salta aos olhos de todos nós. São os mesmos pneus para todo mundo... então é um meio termo que temos que encontrar."

A Pirelli, que recebeu fortes críticas no começo da temporada após uma série de estouros que levaram a uma mudança nos compostos e na estrutura, argumenta há tempos que só atende às exigências da própria F1 ao fazer pneus menos duráveis para incentivar as ultrapassagens e variar as estratégias de corrida.