Violino tocado durante naufrágio do Titanic é leiloado por US$1,5 mi

sábado, 19 de outubro de 2013 16:09 BRT
 

Por Marie-Louise Gumuchian

LONDRES, 19 Out (Reuters) - Um violino que estava sendo tocado enquanto o Titanic afundava foi vendido por 1,46 milhão de dólares durante um leilão neste sábado, preço recorde por uma recordação do transatlântico naufragado.

O líder da orquestra, Wallace Hartley, tocou o instrumento para tentar acalmar os passageiros enquanto o navio afundava nas águas geladas do Atlântico Norte em abril de 1912 após colidir com um iceberg durante sua viagem inaugural de Southampton a Nova York.

A orquestra de Hartley tocou o hino religioso "Nearer, My God, To Thee" ("Mais perto de ti, Deus meu", em tradução livre), enquanto os passageiros que abordavam os botes salva-vidas.

Hartley e seus sete colegas da banda morreram após decidirem continuar a tocar. Mais de 1,5 mil pessoas morreram no naufrágios.

O corpo de Wallace Hartley foi resgatado mais de dez dias após o desastre, e o violino foi encontrado em uma bolsa de couro presa ao corpo dele, segundo o folclore cultivado sobre o evento.

O instrumento foi devolvido à noiva de Hartley, Maria Robinson, na Inglaterra, e após ela morrer em 1939, ele foi doado à banda local do Exército da Salvação. Depois foi sendo repassado até eventualmente chegar às mãos do atual dono, cuja identidade não foi divulgada.

Segundo Chrissie Aldridge, da casa de leilão Henry Aldridge and Son, a venda foi recorde. Quando perguntada sobre quem havia comprado o violino, ela disse somente: "Um colecionador britânico".

Redescoberto em 2006, foram necessários anos para que especialistas, como peritos em ciência forense, conseguissem autenticar o instrumento.

No entanto, algumas pessoas ainda têm dúvidas sobre se o violino é mesmo genuíno, acreditando que ele não poderia ter resistido após ter submergido nas águas do mar.

 
Foto de arquivo do violino que pertenceu ao líder da orquestra do Titanic, Wallace Hartley, no museu Titanic Centre em Belfast. O instrumento foi vendido por 1,46 milhão de dólares durante um leilão neste sábado, preço recorde por uma recordação do transatlântico naufragado. 18/10/2013 REUTERS/Cathal McNaughton