Mitsubishi Motors planeja oferta de US$2 bi em ações a partir de janeiro--fontes

sábado, 26 de outubro de 2013 15:47 BRST
 

Por Nobuhiro Kubo e Yoko Kubota

TÓQUIO, 26 Out (Reuters) - A Mitsubishi Motors planeja captar cerca de 2 bilhões de dólares em oferta pública de ações a partir de janeiro para pagar os principais acionistas pelo resgate em 2004, que permitiu que a empresa se recuperasse nos dez anos seguintes, disseram fontes próximas ao assunto neste sábado.

A operação também vai permitir que a segunda maior montadora japonesa pague dividendos pela primeira vez em quase uma década e meia. A companhia também vai manter fortes laços acionários com o grupo Mitsubishi para enfrentar o desafio de rigorosos padrões ambientais e outros avanços tecnológicos, enquanto ainda não tem um parceiro estratégico automotivo.

É também um marco na recuperação da companhia após escândalo de ocultamento de defeitos no início da última década e recuo da produção na Europa para concentrar-se no sudeste asiático, sob a liderança do presidente Osamu Masuko, que veio da Mitsubishi em 2005.

Companhias do grupo incluindo Mitsubishi Heavy Industries, Mitsubishi UFJ Financial e o próprio grupo Mitsubishi resgataram a montadora endividada em 2004 ao assumir a maior parte de uma oferta de ações preferenciais após parceira mal-sucedida com a DaimlerChrysler.

A Mitsubishi Motors vai usar os cerca de 200 bilhões de ienes (2 bilhões de dólares) que espera levantar para recomprar a maioria dessas ações preferenciais a preço de desconto e eliminá-las, disseram as fontes, que pediram anonimato porque não têm autorização para falar com a mídia.

"Foi difícil para eles encontrarem um parceiro de aliança enquanto as ações preferenciais pairavam sobre eles, mas isso permitirá que sejam uma companhia normal", disse uma das fontes.

As ações preferenciais remanescentes serão convertidas de volta a ações ordinárias.