UE prepara aprovação para novo milho transgênico

quinta-feira, 31 de outubro de 2013 15:13 BRST
 

Por Charlie Dunmore

BRUXELAS, 31 Out (Reuters) - A União Europeia está a caminho de aprovar o cultivo de um novo tipo de semente geneticamente modificada de milho pela primeira vez em mais de uma década, de acordo com esboço de proposta do executivo do bloco visto pela Reuters.

A proposta foi desenhada depois que a segunda mais alta corte da Europa no mês passado acusou a Comissão Europeia de longos atrasos no processo de aprovação para o milho resistente a insetos desenvolvido pela DuPont e Dow Chemical.

A comissão deve mandar a proposta para os ministros da UE na próxima semana para aprovação. Se o governo falhar na decisão, como esperado, a comissão terá o poder de conceder a aprovação até o final do ano.

Embora seja improvável que este tipo de milho seja amplamente cultivado na Europa, onde o cultivo de organismos geneticamente modificados (OGMs) permanece uma pequena fração do total no mundo, a proposta enfrentará forte oposição de ambientalistas, consumidores céticos e alguns governos da UE.

O pedido de aprovação na UE para a variedade 1507 de milho, vendida fora da Europa sob a marca Herculex, foi primeiro submetido em 2001. Mas várias avaliações com objeções sobre segurança atrasaram o processo em mais de uma década.

No mês passado, uma decisão judicial forçou a comissão a agir, disse um porta-voz do executivo da UE, e de acordo com a legislação do bloco para OGMs, o próximo passo no processo de aprovação é o voto dos ministros europeus.

A proposta deve enfrentar oposição dos governos da França, Áustria e Polônia, enquanto Grã-Bretanha, Espanha e Suécia devem ficar a favor.

Um porta-voz da divisão de sementes Pioneer Hi-Bred, da DuPont, que está liderando os esforços para comercializar a 1507, disse que a companhia ainda não decidiu sobre a venda o produto na Europa se ele for aprovado.