Edifício desmorona e mata pelo menos 15 na Índia

domingo, 5 de janeiro de 2014 15:26 BRST
 

CANACONA, Índia, 5 Jan (Reuters) - Pelo menos quinze trabalhadores foram mortos e muitos outros estão presos nos escombros de um edifício que desabou no estado indiano de Goa, disseram neste domingo a polícia e a mídia, o mais recente desastre que chama a atenção para normas de segurança em meio a um boom da construção no país.

O edifício em Canacona, a pouco mais de 4 quilômetros da popular praia Palolem, desabou no sábado.

O policial sênior O.P. Mishra disse que 15 pessoas morreram e 21 foram resgatados até agora. Muitos relatos da mídia informam que o número de mortos chega a 16.

Cerca de 50 pessoas estavam trabalhando no local no momento e pelo menos uma dúzia estão presas sob os escombros, de acordo com relatos de testemunhas citadas em relatos da imprensa.

A expansão da indústria da construção civil na Índia pode chegar a 1 trilhão de dólares até 2025, o que a tornaria a terceira maior do mundo, de acordo com um relatório da Global Construction Perspectives e Oxford Economics.

Mas este crescimento geralmente ocorre à custa das normas de segurança.

Pelo menos 50 pessoas foram mortas quando um apartamento de cinco andares em Mumbai, centro financeiro da Índia, desmoronou em setembro passado.

Uma queda em abril matou 72 pessoas em Thane, uma cidade satélite de Mumbai. Autoridades disseram que a estrutura foi construída com materiais pobres e não tinha as devidas aprovações.

(Por Danish Siddiqui em Canacona e Shyamantha Asokan em Nova Delhi )

 
Máquina escavadeira remove destroços de um edifício em construção que desabou na localidade de Canacona, em Goa, na Índia. Pelo menos quinze trabalhadores foram mortos e muitos outros estão presos nos escombros do edifício, disseram neste domingo a polícia e a mídia. 5/05/2014. REUTERS/Danish Siddiqui