Número de suicídios na ponte Golden Gate atinge marca de 46 em 2013

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014 13:01 BRT
 

Por Alex Dobuzinskis

26 Fev (Reuters) - A ponte Golden Gate, em San Francisco, registrou a marca de 46 suicídios em 2013, no que parece ser o ano com o maior número de casos nesse cartão-postal californiano, segundo levantamento de uma entidade que realiza essa contagem.

A Fundação Bridge Rail, que contabiliza mortes nos 1.280 metros de extensão da ponte, disse que o alto número de suicídios demonstra a necessidade de uma rede de proteção que dificulte os saltos no vazio.

"Sei que ela não será instalada tão cedo, e isso é o mais frustrante", afirmou Dayna Whitmer, conselheira da organização. "Odiamos ver mais gente de 17 anos saltando e mais gente de 86 anos saltando, não está certo."

O pavimento da ponte está 67 metros acima da superfície marinha, na entrada da baía de San Francisco. A Golden Gate é um dos locais públicos mais usados para suicídios no mundo, e quase todas as tentativas resultam em morte.

Mary Currie, porta-voz do Distrito Rodoviário e de Transportes da Ponte Golden Gate, confirmou a ocorrência de 46 suicídios na ponte no ano passado, maior contagem anual desde pelo menos 2000, quando ela começou a anotar esses dados.

Segundo ela, policiais e outras pessoas intervieram para impedir outras 118 pessoas de saltarem em 2013.

Whitmer disse que o número de suicídios no ano passado, acima dos 33 de 2012, é "o mais alto que podemos confirmar" desde a construção da ponte, em 1937. Acredita-se que o recorde anterior seja de 40 ou 41 mortes em um só ano.

Uma análise publicada pelo jornal San Francisco Chronicle mostrou que houve 40 suicídios na Golden Gate em 1977.   Continuação...

 
Veleiros que participam da regata America's Cup passam ao lado da ponto Golden Gate, em São Francisco, Califórina. A ponte Golden Gate registrou a marca de 46 suicídios em 2013, no que parece ser o ano com o maior número de casos nesse cartão-postal californiano, segundo levantamento de uma entidade que realiza essa contagem. 19/09/2013. REUTERS/Robert Galbraith