Homens armados ocupam dois aeroportos na Crimeia; Rússia nega envolvimento

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 13:10 BRT
 

Por Alissa de Carbonnel e Alessandra Prentice

SIMFEROPOL, Ucrânia, 28 Fev (Reuters) - Homens armados tomaram o controle de dois aeroportos na região da Crimeia nesta sexta-feira, o que o governo da Ucrânia descreveu como uma invasão e ocupação por forças russas, levantando tensões entre Rússia e o Ocidente.

A frota russa no mar Negro, cuja base fica na região, negou que suas forças estejam envolvidas na tomada dos aeroportos, segundo a agência de notícias Interfax.

Devido à confusão sobre a identidade dos homens, o presidente em exercício da Ucrânia, Oleksander Turchinov, convocou uma sessão de emergência com os chefes de segurança, enquanto o Parlamento fez um apelo ao governo russo para deter qualquer ação que possa incentivar o separatismo na região.

O Parlamento ucraniano também pediu ao Conselho de Segurança da ONU que convoque uma sessão para discutir a crise no país.

A tensão vem aumentando na península do mar Negro, a única região ucraniana que tem uma maioria étnica russa e o último bastião de resistência do presidente deposto Viktor Yanukovich.

O ministro do Interior da Ucrânia, Arsen Avakov, acusou as forças da Marinha da Rússia de terem ocupado o aeroporto militar perto do porto de Sevastopol, base da frota do mar Negro, e outras forças russas de tomarem o aeroporto internacional de Simferopol.

 
Homens armados montam guarda no aeroporto de Simferopol, na região da Crimeia. Homens armados tomaram o controle de dois aeroportos na região da Crimeia nesta sexta-feira, o que o governo da Ucrânia descreveu como uma invasão e ocupação por forças russas, levantando tensões entre Rússia e o Ocidente. 28/02/2014. REUTERS/Baz Ratner