Solvay inaugura negócio de biomassa nos Estados Unidos

terça-feira, 11 de março de 2014 11:11 BRT
 

LONDRES, 11 Mar (Reuters) - O grupo belga de químicos Solvay inaugurou um novo negócio nos Estados Unidos que produzirá biomassa torrada em escala industrial, disse a empresa nesta terça-feira.

Muitas companhias energéticas na Europa e nos Estados Unidos estão usando lascas de madeira para substituir o carvão ou gás natural que usam, em parte ou integralmente, com menos emissão de dióxido de carbono.

No entanto, existem preocupações sobre os custos de converter uma usina movida a combustíveis fósseis para biomassa e sobre a fonte da madeira, já que a derrubada de árvores para a produção de biomassa pode prejudicar o meio ambiente.

A biomassa torrada queima de modo parecido com carvão e pode substituir ou ser facilmente misturada ao carvão para uso na geração de eletricidade. Ela é produzida através de um processo de torrefação para remover a umidade, deixando um combustível mais duro que é mais fácil de moer, transportar e armazenar.

A biomassa torrada contém 35 por cento mais energia por peso do que lascas de madeira tradicional, disse a Solvay.

A produção de biomassa torrada, porém, ainda não é comercialmente viável, dizem analistas.

O novo negócio nos EUA será administrado pela Solvay Biomass Energy, uma joint venture entre a Solvay e a empresa norte-americana New Biomass Energy (NBE), e usará subprodutos da indústria madeireira, como resíduos de serraria, para produzir a biomassa.

A NBE atualmente produz biomassa torrada em uma fábrica em Quitman, no Mississippi. A Solvay quer mais que triplicar a capacidade anual de produção da companhia, das atuais 80 mil toneladas para 250 mil toneladas até o fim de 2014.

(Por Nina Chestney)

 
A estátua de Ernest Solvay vista fora da sede da companhia em Bruxelas. O grupo belga de químicos Solvay inaugurou um novo negócio nos Estados Unidos que produzirá biomassa torrada em escala industrial, disse a empresa nesta terça-feira. 16/02/2012 REUTERS/Yves Herman