Confronto entre Exército e rebeldes deixa 16 feridos na Líbia

sábado, 22 de março de 2014 10:59 BRT
 

SÃO PAULO, 22 Mar (Reuters) - Rebeldes líbios que estão ocupando portos petrolíferos entraram em confronto com o Exército neste sábado, ao atacarem uma base militar, disseram moradores locais.

As primeiras informações indicam que 16 pessoas ficaram feridas.

Artilharia antiaérea e explosões foram ouvidas tarde da noite e novamente depois do amanhecer, no sábado, em Ajdabiya, cidade natal do líder rebelde Ibrahim Jathran, cujos combatentes tomaram três portos no verão para exigir uma parcela maior na riqueza de petróleo da Líbia.

Os confrontos começaram poucas horas antes do retorno para a Líbia de um petroleiro apreendido no último domingo por comandos norte-americanos no Mediterrâneo, depois de ter sido carregado com óleo cru em um dos portos que os homens de Jathran ocuparam.

O Morning Glory, que já foi uma embarcação de bandeira norte-coreana, deve chegar sábado na Líbia, sob escolta da marinha americana e vai atracar em Zawiya, um dos principais portos do país, sob controle do governo.

Rebeldes abriram fogo com canhões antiaéreos e granadas lançadas por foguetes, contra a base militar. Moradores disseram que residências próximas foram atingidas durante o ataque.

"Pode-se ouvir a artilharia pesada em diversos locais de Ajdabiya", disse um morador.

A luta pelo controle dos recursos petrolíferos vitais da Líbia é um dos desafios que o fraco governo central enfrenta e que ele não tem conseguido resolver no país do norte da África, três anos depois da queda de Muammar Gaddafi.

(Por Ayman al-Warfalli)