25 de Abril de 2014 / às 14:28 / 3 anos atrás

SAIBA MAIS-A carreira do tricampeão mundial de F1 Ayrton Senna

25 Abr (Reuters) - No dia 1º de maio completam-se 20 anos da morte de Ayrton Senna, tricampeão mundial de Fórmula 1, ocorrida durante o Grande Prêmio de San Marino, no circuito de Ímola. Ele tinha 34 anos.

Veja, a seguir, alguns dos principais momentos da carreira do brasileiro:

- Ayrton Senna da Silva nasceu em São Paulo, em 21 de março de 1960. Começou no kart e depois se transferiu para a Europa, onde foi campeão da Fórmula 3 inglesa em 1983, com nove vitórias seguidas e 12 no total. Venceu também o Grande Prêmio de Macau da F3.

- Após testes com Williams, McLaren, Brabham e Toleman, Senna assinou com esta última, estreando na categoria em março de 1984, no Brasil. Seu primeiro pódio veio em junho daquele ano, em Mônaco, quando ele começou em 13º lugar e chegou em segundo, numa prova abreviada pela chuva.

- Transferiu-se para a Lotus em 1985 e comemorou sua primeira vitória em abril, em Portugal. Conseguiu sete pole positions naquele ano, e também venceu na Bélgica.

- Em 1987, conquistou a primeira das suas seis vitórias em Mônaco, um recorde que permanece. Foram cinco vitórias consecutivas entre 1989 e 1993.

- Transferiu-se para a McLaren na temporada de 1988, para correr ao lado do bicampeão Alain Prost, francês. Nos cinco anos seguintes, eles travariam uma das mais acirradas disputas na história da categoria.

- Senna conquistou seu primeiro título em 1988, vencendo oito provas, contra sete de Prost, numa temporada com domínio absoluto da McLaren. Prost teve mais pontos, mas o regulamento da época previa que apenas os 11 melhores resultados seriam computados.

- Em 1989, a rivalidade atingiu um ponto de ebulição. Prost ficou com o título depois de uma colisão com Senna na penúltima curva da temporada, no Japão. Senna precisava vencer em Suzuka, e de fato se recuperou do acidente e cruzou a linha de chegada em primeiro, mas foi desclassificado numa decisão polêmica dos comissários. Recebeu uma multa, teve sua superlicença suspensa e cogitou deixar as pistas.

- Em 1990, Prost foi para a Ferrari, e Senna ganhou um novo colega de equipe, o austríaco Gerhard Berger. Conquistou seu segundo título após novo choque com Prost em Suzuka. Deixou claro assim, um ano depois, que estava dando o troco pelo título perdido em 1989.

- Em 1991, tornou-se o mais jovem tricampeão da Fórmula 1, aos 31 anos. O britânico Nigel Mansell, da Williams, foi seu maior rival naquele ano.

- Uma das vitórias mais expressivas de Senna aconteceu em 1993, seu último ano na McLaren, na pista molhada de Donington Park (Grã-Bretanha). Ele largou em quinto, mas assumiu a liderança já na primeira volta e terminou a prova com uma volta à frente de todos os competidores, exceto o segundo colocado, Damon Hill.

- Transferiu-se para a Williams em 1994. Largou na pole position nas duas primeiras provas, mas não chegou a pontuar. O GP de San Marino, em que também foi pole position, era o terceiro da temporada.

- Sua carreira inclui 161 corridas, com 65 poles, 19 voltas mais rápidas e 41 vitórias.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below