Glencore nomeia ex-chefe da BP Tony Hayward como presidente do Conselho

quinta-feira, 8 de maio de 2014 12:34 BRT
 

LONDRES, 8 Mai (Reuters) - A Glencore Xstrata nomeou Tony Hayward, o ex-chefe da petroleira BP duramente criticado pelo vazamento de petróleo no Golfo do México, como presidente permanente do Conselho de Administração do grupo de trading de commodities e mineração, encerrando uma busca que durou um ano.

Hayward, que tem sido o presidente interino do Conselho desde que Sir John Bond foi removido do cargo por acionistas no ano passado, é também presidente-executivo da companhia de petróleo listada em Londres Genel Energy.

Sua confirmação como presidente do Conselho de um dos maiores grupos de mineração completa o retorno de Hayward ao topo do mundo corporativo após ter sido forçado a sair da BP após o catastrófico derramamento de petróleo de 2010.

O ex-presidente da Vale Roger Agnelli e o ex-presidente da BG, Frank Chapman, também eram candidatos ao cargo, segundo fontes.

A expectativa é de que Hayward eventualmente deixe o cargo de presidente-executivo da Genel, a exploradora de petróleo e gás na qual ele investiu com Nat Rothschild, disse uma fonte com conhecimento do assunto.

A Genel, focada na produção de petróleo na região autônoma do Curdistão, no Iraque, não quis comentar se Hayward sairá.

Em seu papel permanente na Glencore Xstrata, Hayward pode ajudar a companhia com novas aquisições no setor de petróleo.

"O petróleo parece ser uma divisão da Glencore em expansão, e caso eles queiram forçar e expandir mais, a expertise de Tony pode certamente ajudar com isso", disse Marc Elliott, analista da Investec.

(Por Silvia Antonioli e Karolin Schaps)