Cid Gomes ironiza Cabral e põe Ceará à disposição para Copa e Olimpíada

quinta-feira, 8 de novembro de 2012 18:08 BRST
 

BRASÍLIA, 8 Nov (Reuters) - O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), ironizou nesta quinta-feira as declarações do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), sobre a dificuldade fluminense de sediar jogos da Copa do Mundo de 2014 e realizar a Olimpíada de 2016 e colocou seu Estado à disposição para sediar esses eventos.

Na quarta-feira, Cabral afirmou que a nova distribuição dos royalties da exploração do petróleo geraria um colapso nas finanças de seu Estado e inviabiliza a realização dos dois eventos esportivos.

A proposta aprovada, que vai agora à sanção da presidente Dilma Rousseff, diminui a parcela destinada a Estados produtores e beneficia Estados não-produtores da commodity.

Após almoçar com Dilma nesta quinta, Cid comentou as declarações de Cabral e adotou tom irônico.

"Me recuso a acreditar que isso seja uma chantagem. Acho realmente que possa ser uma dificuldade que ele esteja tendo. Se for realmente uma dificuldade, e o Rio não puder fazer, o Ceará se candidata a fazer os cinco jogos que estão no Rio e fazemos também as Olimpíadas", disse o governador cearense.

Cid disse que mencionou a questão da partilha dos royalties no encontro com Dilma, que não sinalizou qual será sua posição em relação ao projeto de lei aprovado pela Câmara.

"É uma preocupação porque esta não é uma questão pacífica... Hoje é a expectativa que os prefeitos e os governadores têm de algum alento no momento em que as receitas estão caindo, seria possibilidade de uma repartição mais justa, que é o certo, isso não é do Rio de Janeiro... é um patrimônio da União", disse Cid.

Dilma disse nesta quinta que não recebeu o texto aprovado na Câmara, e evitou comentar as alterações em relação à proposta original que desagradam o governo.

(Reportagem de Hugo Bachega)