Bruno Senna reclama de falta de experiência para treinos

sábado, 24 de novembro de 2012 19:23 BRST
 

Por Camila Moreira e Tatiana Ramil

SÃO PAULO (Reuters) - - Após garantir o 11o lugar no grid de largada para o Grande Prêmio do Brasil, Bruno Senna voltou a reclamar da falta de experiência para os treinos classificatórios da temporada, já que ele pouco correu nos primeiros treinos livres das corridas em 2012.

A Williams, equipe do brasileiro, optou por escalar em quase todos os treinos livres das sextas-feiras seu piloto reserva, o finlandês Valtteri Bottas, restando ao brasileiro apenas um treino antes da classificação.

"O que dá para tirar de conclusão da temporada é que eu estou sempre chegando na classificação fatando um pouco de experiência, e quando chega na hora da corrida eu já estou muito bem", disse Senna a jornalistas neste sábado.

"Se eu tivesse um estágio a mais de treino, poderia ir melhor na classidicação e mais pra frente nas corridas. Mas foi um ano que eu aprendi bastante", acrescentou.

Senna tem ficado atrás de seu companheiro de equipe, o venezuelano Pastor Maldonado, nos treinos classificatórios, porém fez uma temporada regular nas corridas, tendo marcado 31 pontos, contra 45 de Maldonado, que tem uma vitória no ano. O venezuelano fez o 6o melhor tempo em Interlagos, mas acabou recebendo uma punição e perdeu 10 colocações no grid.

"Sempre é difícil fazer uma classificação quando você tem um treino a menos que os outros pilotos. Foi por pouco menos de dois décsmos que eu não passei para o Q3", declarou ele, sobre os tempos deste sábado.

"Claro que eu queria estar no Q3 em todas as corridas, mas a gente tem que pegar as oportunidades que a gente tem e fazer o melhor que pode. Hoje faltou experiência para poder fazer a direção certa do carro para a classificação e eu paguei o preço por isso".

Mesmo largando da 11a posição, o brasileiro, que ganhou uma posição no grid após punição a Maldonado, acredita que pode fazer uma boa prova no domingo.   Continuação...