Paraná deverá voltar à liderança na produção de trigo no país

quinta-feira, 29 de novembro de 2012 17:57 BRST
 

SÃO PAULO, 29 Nov (Reuters) - O Paraná deverá voltar a ser o maior produtor brasileiro de trigo nesta temporada, ultrapassando o Rio Grande do Sul, onde as lavouras foram afetadas por clima adverso.

Projeção divulgada nesta quinta-feira pelo Departamento de Economia Rural (Deral), do governo paranaense, projeta a safra no Estado em 2,114 milhões de toneladas

Já no Rio Grande do Sul a colheita deverá ser de 1,952 milhão de toneladas, de acordo com a Emater, órgão estadual de assistência técnica.

Juntos, os dois Estados são responsáveis por cerca de 90 por cento da oferta nacional de trigo.

De acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na safra de 2011 o Rio Grande do Sul havia colhido 2,74 milhões de toneladas do cereal e o Paraná 2,5 milhões de toneladas.

A queda no Paraná em 2012, na comparação com 2011, deve-se em grande parte à redução de área plantada, enquanto no Rio Grande do Sul o clima não ajudou na produtividade das lavouras.

Houve chuvas intensas e até geadas no Rio Grande do Sul ao longo do desenvolvimento das plantas, o que reduziu o rendimento das plantações, em contraste com uma alta produtividade alcançada na safra anterior.

Na terça-feira um importante empresário do setor de farinha disse que a situação no Mercosul, com quebra de safra no Brasil e redução na oferta da Argentina, levará à elevação de custos, com mais importações de trigo produzido fora do continente.

O Brasil está terminando de colher uma safra estimada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em 4,4 milhões de toneladas, ante 5,7 milhões de toneladas na anterior.

(Por Gustavo Bonato)