1 de Dezembro de 2012 / às 14:53 / 5 anos atrás

Brasil enfrentará Japão, México e Itália na Copa das Confederações

Secretário geral da FIFA, Jerome Valcke (C), Alex Atala e a modelo Adriana Lima participam de sorteio oficial dos grupos da Copa das Confederações 2013 em São Paulo. A seleção brasileira caiu num grupo forte e terá como adversários na primeira fase da Copa das Confederações de 2013 Japão, México e Itália, pelo Grupo A, de acordo com sorteio realizado neste sábado em São Paulo. 01/12/2012

Por Tatiana Ramil

SÃO PAULO, 1 Dez (Reuters) - A seleção brasileira caiu num grupo forte e terá como adversários na primeira fase da Copa das Confederações de 2013 Japão, México e Itália, pelo Grupo A, de acordo com sorteio realizado neste sábado em São Paulo.

O Grupo B será formado por Espanha, Uruguai, Taiti e o representante africano a ser definido em fevereiro.

A Itália entrou direto no grupo brasileiro e o Uruguai foi colocado na chave espanhola para que times das mesmas confederações não ficassem no mesmo lado da tabela.

As seleções vão se enfrentar em partidas dentro dos grupos e os dois primeiros colocados de cada um deles se classificam para as semifinais.

"Nós poderíamos ter um adversário um pouco diferente desses outros três (o Taiti), mas acho importante (o grupo difícil) para sabermos o nosso nível, onde temos que errar muito menos", disse o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, após o sorteio.

"Agora é só trabalhar para ter um início muito bom. Não tem como não reconhecer que um tropeço pode te eliminar logo no início da Copa das Confederações", acrescentou.

O Brasil é o atual bicampeão do torneio que serve como preparação para a Copa do Mundo do ano seguinte, com os títulos conquistados em 2005 na Alemanha e em 2009 na África do Sul.

A competição de 2013 acontecerá de 15 a 30 de junho nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador.

O Brasil abrirá o torneio em Brasília, contra o Japão. Depois joga em Fortaleza contra o México, no dia 19, e encerra a primeira fase contra a Itália, dia 22, em Salvador. A final acontecerá no estádio do Maracanã, no Rio. A seleção brasileira só jogará no emblemático estádio se chegar à disputa do título.

SHOW COM MODELO E CHEF

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, abriu a cerimônia na capital paulista e disse que o Brasil está se desenvolvendo não apenas no campo, mas também na economia, e destacou o futebol como forma de conectar as pessoas.

Ele classificou ainda a Copa das Confederação como um "torneio de campeões", já que há quatro campeões mundiais: o pentacampeão Brasil, a tetra Itália, o bicampeão Uruguai e a atual campeã Espanha.

A presidente Dilma Rousseff também discursou e citou a dupla responsabilidade do Brasil de vencer a Copa das Confederações dentro e fora de campo.

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, conduziu o sorteio e foi auxiliado pela modelo baiana Adriana Lima e o chef paulistano Alex Atala. Houve uma pequena confusão no sorteio, que fez Valcke lamentar o erro cometido ao vivo na TV.

Durante o sorteio, que teve a presença de cerca de 950 convidados, o capitão do pentacampeonato do Brasil, Cafu, apresentou a bola oficial da Copa das Confederações.

"É uma bola 100 por cento brasileira, 'Cafusa'. Tenho certeza que ela dará um show de gols. Espero que para o nosso Brasil", disse o ex-jogador. O nome da bola é uma junção dos termos carnaval, futebol e samba, explicou Cafu.

O show no Anhembi contou ainda com apresentações de Maria Gadu, Arlindo Cruz e dos Meninos do Morumbi.

Os ingressos para a Copa das Confederações começam a ser vendidos na segunda-feira pela internet. Durante a pré-venda, feita apenas para portadores de uma marca de cartão de crédito, foram comercializados cerca de 130 mil ingressos, 13 vezes a mais do que havia sido vendido no mesmo período no torneio da África do Sul em 2009.

O regulamento da competição foi debatido na sexta-feira e será submetido à aprovação do comitê executivo da Fifa em reunião marcada para 14 de dezembro em Tóquio. A principal novidade é uma parada técnica durante as partidas para hidratação dos jogadores.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below