IPC-S acelera para 0,63% na 1a quadrissemana de dezembro--FGV

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012 08:27 BRST
 

SÃO PAULO, 10 Dez (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou para uma alta de 0,63 por cento na primeira quadrissemana de dezembro, depois de encerrar novembro com elevação de 0,45 por cento, informou Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

Seis dos oito grupos que compõem o indicador aceleraram a alta de preços. A principal contribuição para esse movimento partiu do grupo Alimentação, cujos preços avançaram 0,86 por cento, ante alta de 0,53 por cento anteriormente.

Nesta classe de despesa, destacam-se os itens hortaliças e legumes (-9,43 por cento para -4,51 por cento) e carnes bovinas (-0,02 por cento para 0,59 por cento)

Também avançaram os preços dos grupos Educação, Leitura e Recreação (0,72 por cento para 1,21 por cento), Habitação (0,59 por cento para 0,77 por cento), Despesas Diversas (0,34 por cento para 0,61 por cento), Transportes (0,03 por cento para 0,09 por cento) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,42 por cento para 0,43 por cento).

Por sua vez, registraram decréscimo nas taxas de variação os grupos Vestuário (1,02 por cento para 0,90 por cento) e Comunicação (0,04 por cento para 0,03 por cento).

Na sexta-feira, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou alta de 0,60 por cento em novembro, após avanço de 0,59 por cento em outubro, na maior variação desde abril passado e acima do esperado pelo mercado, que projetava uma desaceleração.

A expectativa do mercado é de preços de alimentos mais baixos neste final de ano após a forte alta que pressionou os índices de inflação por conta do clima adverso para as lavouras nos Estados Unidos, embora ainda possa haver alguma pressão sazonal.

(Por Camila Moreira)