Valério cita Lula no mensalão; ex-presidente diz ser "mentira"

terça-feira, 11 de dezembro de 2012 20:05 BRST
 

BRASÍLIA, 11 Dez (Reuters) - Na reta final do julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a ser ligado ao esquema, desta vez pelo principal operador da compra de apoio parlamentar, o empresário Marcos Valério, em um ato chamado pelo PT de "desespero".

Valério, apontado como operador do mensalão e condenado a 40 anos de prisão, disse que Lula autorizou os empréstimos bancários ao PT que seriam utilizados no esquema, segundo reportagem publicada pelo jornal O Estado de S.Paulo nesta terça-feira.

As declarações foram dadas por Valério em depoimento à Procuradoria-Geral da República (PGR) em setembro, ao qual o jornal afirmou ter tido acesso.

No depoimento, segundo o jornal, o empresário diz que Lula deu "ok" aos empréstimos numa reunião no Palácio do Planalto junto com o então ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, e o tesoureiro do PT à época, Delúbio Soares.

Dirceu foi apontado pela maioria do STF como mentor e "chefe da quadrilha" do mensalão, e foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão. Ele deverá cumprir parte da pena em regime fechado. Delúbio também foi condenado, a 8 anos e 11 meses.

Valério disse também que Lula teria tido gastos pessoais pagos com esses recursos, de acordo com o jornal.

As revelações do empresário voltaram a questionar a tese de que Lula desconhecia a existência do esquema, revelado em 2005. Em pronunciamento à nação em meio à crise, o então presidente disse se sentir "traído por práticas inaceitáveis", sobre as quais afirmou não ter conhecimento, e pediu desculpas em nome do governo e do PT pelas denúncias.

Lula, que está em Paris e participou de evento ao lado da presidente Dilma Rousseff, disse que as afirmações de Valério são "mentiras".

O ex-presidente, que não queria se pronunciar sobre o tema, de acordo com sua assessoria, foi abordado por jornalistas na saída de evento que participou na capital francesa.   Continuação...