Demanda das empresas por crédito sobe 3,3% em novembro, diz Serasa

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012 11:49 BRST
 

SÃO PAULO, 17 Dez (Reuters) - A demanda das empresas brasileiras por crédito em novembro aumentou 3,3 por cento sobre outubro, informou nesta segunda-feira a Serasa Experian, sinalizando uma recuperação após dois meses seguidos em queda.

Já em relação a novembro do ano passado houve recuo de 9,9 por cento e, no acumulado de 2012 até novembro, a demanda foi 4,5 por cento menor.

"É necessário que resultados positivos também predominem ao longo dos próximos meses, principalmente no início do ano, para que se possa afirmar que, de fato, a busca das empresas por crédito tenha entrado numa trajetória consistente de reativação", afirmaram os economistas da Serasa.

O maior crescimento na demanda por crédito em novembro foi apurado nas micro e pequenas empresas, com alta de 3,5 por cento ante outubro. Nas médias empresas o crescimento foi de 0,2 por cento e nas grandes, de 1,5 por cento, na mesma comparação.

Mas, nos 11 meses até novembro, as grandes empresas lideram o crescimento na busca por crédito, com alta de 14,8 por cento, enquanto as micro e pequenas registram queda de 5,5 por cento e as médias acumulam crescimento de 11,9 por cento.

No mês passado, as empresas do setor de serviços foram as que mais aumentaram a demanda por crédito, registrando crescimento mensal de 5 por cento, seguidas pelos setores industrial e de comércio.

(Por Vivian Pereira)

 
Demanda das empresas brasileiras por crédito subiu 3,3 por cento em novembro, de acordo com Serasa. na comparação anual, houve queda de 9,9 por cento. 15/10/2012 REUTERS/Bruno Domingos