BRASIL 13/14-Temor de blecaute cresce após renovação de concessões elétricas

sábado, 22 de dezembro de 2012 13:14 BRST
 

(A Reuters publica uma série de matérias especiais sobre as perspectivas para o Brasil em 2013 e 2014);

Por Leonardo Goy e Anna Flávia Rochas

BRASÍLIA/SÃO PAULO, 22 Dez (Reuters) - A deterioração da saúde financeira de transmissoras de energia com a renovação onerosa de concessões do setor elétrico elevou o temor com blecautes no Brasil nos próximos anos, quando o país sediará eventos internacionais de grande porte.

Pelo menos seis apagões ocorreram no segundo semestre de 2012 --a maioria deles por problemas na transmissão de eletricidade--, enquanto a presidente Dilma Rousseff apresentava e buscava implementar seu plano para baratear a conta de luz, na média, em 20 por cento.

O setor elétrico é particularmente foco de atenção da presidente, política e pessoalmente, já que como ministra do setor no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve que lidar com os traumas ocasionados pelos apagões no governo anterior e mostrar que os problemas de fornecimento de energia tinham ficado no passado.

A mitigação dos riscos na oferta de energia ganha ainda mais importância com a exposição externa que o país terá ao sediar a Copa das Confederações no ano que vem, a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.

E a preocupação de especialistas é que a queda de receita das transmissoras de energia que aceitaram renovar as concessões comprometa os investimentos das empresas, sobretudo em manutenção, diante da necessidade de reduzir custos.

"Tenho meus receios de como vai funcionar depois da renovação das concessões, que o número de pessoal seja reduzido", disse o diretor-executivo da associação das transmissoras Abrate, César de Barros Pinto.

As empresas de transmissão afetadas pela renovação das concessões terão que reduzir os custos com Pessoal, Material, Serviços e Outros (PMSO) em cerca de 48 por cento, considerando a perda de receita por renovarem as concessões, segundo a Abrate.   Continuação...

 
Carros atravessam um elevado durante um blecaute em São Paulo. 11/12/2009 REUTERS/Paulo Whitaker