Demanda aérea no Brasil cresce 7,22% em novembro

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 16:02 BRST
 

SÃO PAULO, 28 Dez (Reuters) - A demanda do transporte aéreo doméstico de passageiros cresceu 7,22 por cento em novembro sobre ao mesmo mês de 2011, informou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em comunicado nesta sexta-feira.

A taxa de ocupação desses voos ficou em 76,25 por cento no mês passado, ante 67,08 por cento em igual período de 2011, o melhor nível desde que a Anac passou a registrar os dados, há 12 anos.

A oferta doméstica, porém, teve queda de 5,68 por cento, a primeira queda para o mês de novembro em oito anos, segundo a agência.

No acumulado do ano, a demanda cresceu 7,24 por cento na comparação anual. Já a oferta no intervalo subiu 3,74 por cento, e a taxa de ocupação passou de 70,15 para 72,52 por cento.

Nos voos internacionais, houve aumento na demanda de 2,67 por cento no mês em relação a novembro de 2011, e crescimento de 6,28 por cento na oferta.

PARTICIPAÇÃO DE MERCADO

As empresas TAM e Gol permaneceram na liderança do mercado em novembro, com participações de 43,14 e 33,52 por cento, respectivamente.

Segundo a Anac, TAM teve aumento de 7,31 por cento se comparado ao mesmo mês de 2011 e a Gol teve redução anual de 7,57 por cento.

A Avianca teve o maior crescimento em fatia de mercado, de 84 por cento na mesma base de comparação, atingindo participação de 6,4 por cento, registrando também o maior crescimento da demanda no mês passado, de 97,11 por cento.

A TAM teve crescimento de 15,06 por cento na demanda em novembro deste ano, se comparada ao mesmo mês do ano passado. Já a Gol registrou redução de 0,90 por cento.

(Por Roberta Vilas Boas)