Colheita começa com produtividade irregular em MT--Aprosoja

terça-feira, 8 de janeiro de 2013 16:50 BRST
 

Por Gustavo Bonato

SÃO PAULO, 8 Jan (Reuters) - As primeiras lavouras de soja que estão sendo colhidas em Mato Grosso, principal Estado produtor do país, apresentam produtividades irregulares, uma vez que muitas áreas plantadas precocemente foram afetadas por falta de chuvas no início do cultivo, informou nesta terça-feira a entidade que reúne produtores.

"Nós temos relatos de produtores colhendo de 34 sacas até produtores colhendo 54 sacas por hectare", disse Nery Ribas, diretor-técnico da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso (Aprosoja).

A estimativa mais recente do governo federal é de produtividade de 51,6 sacas por hectare, em média, em Mato Grosso, na safra 2012/13. A produção deverá somar 23,8 milhões de tonelada, alta de 8,9 por cento ante a safra anterior, com o crescimento do plantio, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

"A gente sabe que as variedades precoces e super precoces não têm enorme potencial", disse Ribas, lembrando que muitas áreas registraram chuvas abaixo do esperado no início do período de plantio, em função do fenômeno El Niño, o que se somou ao menor potencial das sementes precoces.

Ribas estima que cerca de 1 por cento da área tenha sido colhida em Mato Grosso.

"Como a área é muito irrisória ainda, não dá para estimar (se haverá impacto na safra total do Estado)", completou.

Em Mato Grosso, alguns produtores optaram por variedades de ciclo curto buscando plantar e colher antecipadamente, a fim de semear milho ou algodão logo na sequência.

A irregularidade de chuvas em áreas de soja de ciclo normal em Mato Grosso começa a despertar atenção dos produtores.   Continuação...