Prévia da confiança da indústria tem leve alta de 0,2% em janeiro--FGV

terça-feira, 22 de janeiro de 2013 08:48 BRST
 

SÃO PAULO, 22 Jan (Reuters) - A prévia do Índice de Confiança da Indústria (ICI) apontou ligeiro avanço de 0,2 por cento em janeiro em relação ao registrado no final do mês anterior, ao passar de 106,4 pontos para 106,6 pontos, maior patamar desde junho de 2011, informou a Fundação Getúlio Vargas nesta terça-feira.

De acordo com os dados preliminares, o Índice da Situação Atual (ISA) avançou 0,9 por cento, para 107,5 pontos, o maior nível desde junho de 2011 (107,7).

Já o Índice de Expectativas (IE) caiu 0,6 por cento, para 105,6 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) alcançou 84,5 por cento em janeiro, ante 84,1 por cento em dezembro, de acordo com os dados com ajustes sazonais.

Setor que mais sofreu com a turbulência internacional e considerado como uma das principais causas para a fraqueza da expansão econômica no ano passado, a indústria foi beneficiada por medidas de estímulo do governo.

Mas os últimos dados mostraram que o setor não conseguiu concretizar uma recuperação mais efetiva no final de 2012. Em novembro, a produção industrial caiu 0,6 por cento sobre outubro e empurrou a expectativa de maior recuperação do setor para este ano.

Já o emprego na indústria brasileira ficou estável em novembro na comparação com o mês anterior, mas caiu 1,0 por cento em relação ao mesmo período de 2011.

(Por Camila Moreira; Edição de Tiago Pariz)

 
Funcionários trabalham na linha de montagem de carros na fábrica da Ford, em São Bernardo do Campo, em junho de 2012. A prévia do Índice de Confiança da Indústria (ICI) apontou ligeiro avanço de 0,2 por cento em janeiro em relação ao registrado no final do mês anterior, informou a Fundação Getúlio Vargas. 14/06/2012 REUTERS/Paulo Whitaker