Crédito imobiliário soma R$82,8 bi em 2012, abaixo da meta--Abecip

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013 10:34 BRST
 

SÃO PAULO, 23 Jan (Reuters) - Os recursos concedidos pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) para financiamento imobiliário alcançaram 82,8 bilhões de reais em 2012, alta de 3,6 por cento em relação ao ano anterior, informou nesta quarta-feira a associação que representa o setor no país, Abecip.

Do total em 2012, 54,7 bilhões de reais foram para financiar aquisições de imóveis, enquanto 28,1 bilhões de reais se destinaram à construção.

O volume de empréstimos ficou abaixo da estimativa da entidade, que previa 85 bilhões de reais concedidos no último ano.

O valor considera apenas recursos da caderneta de poupança e exclui o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A Abecip iniciou 2012 com projeção de que o financiamento para compra e construção de imóveis somaria 103,9 bilhões de reais no ano. Em julho passado, a estimativa foi reduzida para 95,9 bilhões de reais. Em dezembro, o presidente da Abecip, Octavio de Lazari Júnior, afirmou à Reuters que os recursos deveriam atingir cerca de 85 bilhões de reais no fechado do ano.

Em todo o ano passado, foram financiados 453 mil imóveis pelo sistema, número 8 por cento menor na comparação com 2011.

Em 2013, os recursos da poupança concedidos para crédito imobiliário no país devem crescer 15 por cento, alcançando o recorde de 95,2 bilhões de reais, segundo a Abecip.

Em dezembro, o presidente da Abecip, Octavio de Lazari Júnior, antecipou à Reuters que a previsão da Abecip seria de alta de 15 a 20 por cento nos financiamentos imobiliários em 2013.

(Por Vivian Pereira)