Senado elege Viana e Jucá como vice-presidentes e define secretarias

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013 20:06 BRST
 

BRASÍLIA, 1 Fev (Reuters) - O Senado elegeu o senador petista Jorge Viana (AC) para a vice-presidência da Casa nesta sexta-feira, e o senador Romero Jucá (PMDB-RR), no mesmo dia em que também aprovou por ampla maioria de votos o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) para a presidência.

Por 65 votos a 3, os senadores aprovaram os dois nomes para as vice-presidências.

Viana comandará o segundo posto mais importante do Senado e conduzirá as votações na ausência de Renan. Na ausência de Viana, Jucá será o substituto.

A eleição para os cargos na Mesa obedece ao critério de proporcionalidade, segundo o qual as bancadas indicam nomes para os cargos de acordo com o seu tamanho.

O PMDB, partido com maior número de senadores, indicou Renan para a presidência, assim como o PT, segunda maior bancada, indicou Viana para a primeira vice. A segunda vice ficou a cargo do PMDB.

Os senadores também definiram por meio de voto, nesta sexta-feira, os nomes para algumas das secretarias da Mesa. A primeira secretaria ficou a cargo do tucano Flexa Ribeiro (PA), a segunda, da senadora Ângela Portela (PT-RR), e para a quarta secretaria foi eleito o senador João Vicente Claudino (PTB-PI).

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) foi eleito, posteriormente, para a terceira secretaria da Mesa, cargo que suscitou polêmicas no plenário sobre que partido indicaria um nome.

Mesmo com a regra da proporcionalidade, as indicações dos partidos são submetidas a voto e não há impedimento para a apresentação de candidaturas independentes.

Embora o Senado tenha respeitado a tradição, a proporcionalidade não é obrigatória.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello e Jeferson Ribeiro)