Job vê alta de mais de 20% na produção de etanol do centro-sul

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 13:30 BRT
 

Por Fabíola Gomes

SÃO PAULO, 18 Fev (Reuters) - A produção de etanol deverá atingir entre 25,4 bilhões e 26,4 bilhões de litros no centro-sul em 2013/14, contra os 21,4 bilhões de litros da temporada que está se encerrando, estimou a Job Economia nesta segunda-feira, em sua primeira estimativa para o ciclo.

A produção de etanol, segundo a consultoria, crescerá mais de 20 por cento, bem acima do esperado para o açúcar, com melhores perspectivas econômicas para o biocombustível.

"O etanol está remunerando mais do que o açúcar, nestas condições e com o preço de açúcar em viés de baixa lá fora, a safra será mais alcooleira", disse Julio Maria Borges, diretor da Job Economia em entrevista à Reuters.

A alta dos preços do etanol tornou a produção, tanto do anidro como do hidratado (usado nos carros flex fuel), mais rentável do que o açúcar nas últimas duas semanas, segundo o especialista.

O aumento da etanol hidratado veio na esteira do incremento da gasolina definido pela Petrobras no final de janeiro nas refinarias, que também vem sendo repassado às bombas.

"No dia 8 de fevereiro, pela primeira vez nos últimos anos, o etanol hidratado remunerou melhor do que açúcar na região centro-sul e no Nordeste", afirmou. "Esta já a segunda semana que remunera melhor", acrescentou.

Nos últimos anos, o açúcar remunerou mais que o etanol, mas com o superávit de oferta e a expectativa de uma safra maior e aumento da moagem no Brasil, os preços da commodity vêm recuando.

O açúcar atingiu na última semana o valor mínimo em mais de dois anos na bolsa de Nova York.   Continuação...