Macau é aposta certa para ser a Las Vegas chinesa

sexta-feira, 30 de novembro de 2007 14:38 BRST
 

Por Jonathan Landreth

PEQUIM (Hollywood Reporter) - A China continental pode não ter uma Broadway ainda, mas já possui uma Las Vegas: a ex-colônia portuguesa de Macau.

Região administrativa especial situada na foz do rio Pearl, a uma hora de balsa de Hong Kong, Macau pode dentro em breve passar à frente do oásis norte-americano da jogatina, em termos de ser modelo para destinos futuros de entretenimento.

De acordo com Michael McCarty, diretor de vendas do grupo Venetian Macau, que faz parte da Las Vegas Sands Corp., "o fato de Macau ser parte da China continental, mas ao mesmo tempo um pouco separada dela, é um atrativo poderoso."

A cidade vem ganhando hotéis novos e cheios de glamour com nomes como MGM, Galaxy, Melco PBL e Wynn. O clima quente vem atraindo grupos e cantores como Black Eyed Peas e Beyonce, além de grandes nomes dos esportes, como Orlando Magic e Cleveland Cavaliers, da NBA, e o clube de futebol britânico Manchester United.

Os tenistas Pete Sampras e Roger Federer são aguardados para dentro em breve.

Tudo isso sem nem sequer mencionar os jogos de azar. E os chineses adoram jogar.

"Diferentemente de Las Vegas, que enfrenta a concorrência de Atlantic City, em Nova Jersey, e Biloxi, no Mississippi, Macau é a única cidade em toda a China em que os jogos de azar são legalizados", diz McCarty.

As estatísticas mostram que em 2006 a receita obtida por Macau com o jogo superou a de Las Vegas.   Continuação...