Guns N'Roses estaria negociando lançamento exclusivo de novo CD

segunda-feira, 18 de agosto de 2008 15:12 BRT
 

Por Ed Christman

NOVA YORK (Billboard) - O vazamento em junho de nove faixas supostamente "masterizadas e prontas" do longamente adiado álbum "Chinese Democracy", de Guns N' Roses, motivou especulações sobre se a banda liderada por Axl Rose iria de fato lançar o álbum, que vem sendo produzido há nada menos que 14 anos.

Mas finalmente estão surgindo alguns sinais concretos de que o lançamento do álbum pode ser iminente. Isso porque, segundo fontes, há negociações em curso para que "Chinese Democracy" seja vendido exclusivamente em uma das grandes redes varejistas dos Estados Unidos -- ou a Wal-Mart ou a Best Buy.

De acordo com outra fonte, também há negociações em andamento para uma distribuição convencional por gravadora.

Hoje o Guns N' Roses é administrado pela Front Line Management, de Irving Azoff, que é conhecido defensor da estratégia de lançamento de álbuns exclusivamente através de grandes redes varejistas. Ele lançou "Long Road Out of Eden", do Eagles, pela Wal-Mart, para o desprazer de outras lojas.

Não está claro quem iniciou as negociações exclusivas do Guns N' Roses: se foi a Front Line ou a gravadora da banda, Interscope.

Não foi possível entrar em contato com representantes da Front Line e Interscope. Um representante da Wal-Mart disse que a rede não pode confirmar os lançamentos exclusivos de álbuns, e não foi possível falar com representantes da Best Buy.

 
<p>Guns N'Roses estaria negociando lan&ccedil;amento exclusivo de novo CD. O vazamento em junho de nove faixas do longamente adiado &aacute;lbum 'Chinese Democracy' motivou especula&ccedil;&otilde;es sobre se a banda iria de fato lan&ccedil;ar o &aacute;lbum, que vem sendo produzido h&aacute; nada menos que 14 anos. Foto doArquivo. Photo by Lucas Jackson</p>