Faltam piadas na volta dos programas de Leno e Letterman

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008 13:16 BRST
 

Por Steve Gorman

LOS ANGELES (Reuters) - A célebre rivalidade entre Jay Leno e David Letterman ganha um capítulo novo nesta quarta-feira, quando os dois astros da televisão noturna norte-americana retornam ao ar, dois meses após o início da greve prolongada dos roteiristas de cinema e televisão.

Letterman, que desde 1995 vem perdendo para Leno nos índices de audiência, terá a chance de passar à frente deste, já que o programa está de volta com sua equipe de roteiristas e com a benção do Sindicato de Roteiristas dos EUA, graças a um acordo especial entre o sindicato e sua produtora.

Anunciado na semana passada, o acordo permite que Letterman volte ao ar com uma cota completa de esquetes cômicos e piadas, incluindo sua lista diária dos Top 10, e também facilita seu trabalho de atrair convidados que, de outro modo, talvez hesitassem em passar pelos piquetes dos roteiristas.

Já Jay Leno não terá seus roteiristas de volta e pode enfrentar dificuldade em conseguir convidados que sejam filiados ao Sindicato dos Roteiristas.

Na segunda-feira a CBS anunciou que o primeiro convidado ao "Late Show With David Letterman" será o ator Robin Williams, seguido na noite seguinte pela canadense Ellen Page, estrela do filme de arte "Juno", que vem fazendo sucesso também comercial.

Enquanto isso, o "The Tonight Show With Jay Leno" até agora anunciou apenas a presença do pré-candidato presidencial republicano Mike Huckabee como seu primeiro convidado.

Os dois programas foram obrigados a começar a apresentar reprises assim que teve início, em 5 de novembro, a greve do Sindicato dos Roteiristas contra os grandes estúdios. A disputa contratual, que já é a pior disputa trabalhista em Hollywood nos últimos 20 anos, gira em torno de diferenças em relação a como os roteiristas devem ser pagos por trabalhos deles que sejam distribuídos pela Internet.