Canadenses ganham canal pornô de produção doméstica

sexta-feira, 15 de agosto de 2008 17:04 BRT
 

Por Ashleigh Patterson

TORONTO (Reuters) - Os canadenses que talvez se sintam desprestigiados como astros de filmes pornográficos agora terão um canal nacional próprio para exibir seus talentos eróticos.

Agências reguladoras federais concederam à Real Productions, de Alberta, a aprovação para o lançamento de um novo canal digital de pornografia que promete transmitir pelo menos 50 porcento de programação doméstica.

A Comissão Canadense de Radiotelevisão e Telecomunicações (CCRT) aprovou nesta quarta-feira o novo canal de televisão, cujo serviço será pago por assinatura. Com isso, o canal Northern Peaks se tornará "o primeiro canal adulto do Canadá a oferecer, em grande medida, conteúdo adulto de produção canadense".

Em entrevista na sexta-feira, Shaun Donnelly, presidente da Real Productions, disse: "Acho que nós, canadenses, estamos um pouco cansados de assistir a tantos filmes americanos".

"Sempre há uma emoção em ver alguma coisa local e ter a impressão de que essas são pessoas com quem você poderia cruzar no supermercado".

A CCRT exigiu apenas 15 porcento de conteúdo canadense, mas o Northern Peaks concordou em garantir "não menos de 50% durante o período diurno e não menos de 50% do período noturno à transmissão de programação canadense", segundo a licença.

A Real Productions possui a maior coleção de conteúdo adulto no país, com mais de 200 filmes e 75 episódios de TV em seu acervo.

Shaun Donnelly, que já produziu programas de TV para a Playboy TV nos EUA e a Granada Television na Grã-Bretanha, disse que as cinco maiores emissoras canadenses de TV a cabo e via satélite expressaram interesse por abrigar o canal e estão revendo a proposta.

A Northern Peaks será restrita a determinados tipos de programas, incluindo documentários de longa metragem, seriados dramáticos, filmes, game shows, minisséries, sitcoms e filmes feitos para a TV.