O.J. Simpson é obrigado a entregar Rolex em acordo judicial

terça-feira, 2 de outubro de 2007 19:47 BRT
 

Por Dana Ford

LOS ANGELES (Reuters) - O ex-jogador de futebol americano O.J. Simpson recebeu na terça-feira ordens para entregar um relógio Rolex de até 22 mil dólares e vários itens de colecionador como parte de um acordo judicial pelas mortes de sua ex-mulher, Nicole Brown, e do amigo dela, Ron Goldman.

O juiz Gerald Rosenberg, de Los Angeles, determinou que o ex-jogador entregue os itens esportivos que ele foi acusado de roubar durante um assalto em setembro num hotel de Las Vegas.

A maior parte desses itens havia sido tirada de Simpson depois que ele foi acusado de furtar de colecionadores itens esportivos relativos a si próprio. Os objetos -- como bolas e roupas autografadas -- atualmente estão sob custódia da polícia de Las Vegas.

Em 1995, Simpson, hoje com 60 anos, foi absolvido criminalmente pelo assassinato de Brown e Goldman. Anos depois, porém, um júri civil o considerou responsável pelas mortes e o condenou a uma indenização de 33,5 milhões de dólares às famílias das vítimas.

"O sr. Simpson vai sair [falido] de Las Vegas", disse David Cook, advogado da família Goldman, à Reuters. Segundo Cook, o Rolex, fotografado no mês passado no pulso de Simpson em Las Vegas, tem um valor de revenda de 5.000 a 22 mil dólares.

Cook disse que, se e quando Simpson assumir a posse dos bens disputados, eles serão entregues ao xerife do Condado de Los Angeles para que sejam vendidos, com o resultado destinado à família de Goldman.