Mãe de Britney Spears assume culpa por problemas da filha

quarta-feira, 17 de setembro de 2008 19:26 BRT
 

Por Jill Serjeant

LOS ANGELES (Reuters) - A mãe da popstar Britney Spears assumiu a culpa pelo comportamento excêntrico de suas filhas durante 2007 e este ano, dizendo "é sempre minha culpa".

Falando no talk show da NBC "Today", Lynne Spears disse na quarta-feira que quando sua filha mais jovem, Jamie Lynn, anunciou -- numa carta -- que estava grávida, aos 16 anos, ela num primeiro momento achou que era brincadeira.

"A carta dizia que ela estava grávida e que tudo ia ficar bem. Que ela ia ter a criança. Pensei que fosse piada. Eu estava esperando a parte final da piada", contou Lynne à entrevistadora Meredith Vieira.

"Fiquei em choque. Acho que entrei realmente em estado de choque, então comecei a chorar. E ela começou a me consolar."

Jamie Lynn deu à luz uma menina em junho e está criando o bebê com seu namorado na casa deles no Mississippi.

Lynne Spears, 53 anos, disse que aceita boa parte da culpa pelas crises dos últimos dois anos. Britney raspou a cabeça, entrou e saiu de clínicas de reabilitação, perdeu a guarda de seus filhos e foi internada num hospital psiquiátrico.

"Nós, mães, não nos culpamos sempre?", ela disse. "Eu assumi boa parte da culpa. Assumi a culpa toda. Com a personalidade que tenho, a culpa é sempre minha."

Lynne Spears escreveu um livro de memórias, "Through the Storm", que está sendo lançado esta semana nos EUA, sobre a ascensão à fama de suas filhas.